Latam suspende todas suas operações para Venezuela

A partir de 1º de agosto, a Latam Airlines não terá mais nenhum voo para Caracas, na Venezuela. O grupo composto por Tam e Lan atribuiu o corte à crise que vive a região. Os voos para o Aeroporto Internacional Simón Bolívar foram, portanto, afetados. A Latam Brasil suspendeu no último dia 28 seus voos entre a capital venezuelana e Guarulhos.

“Devido ao complexo cenário macroeconômico atual que enfrenta a região, o Grupo Latam Airlines, a Latam Airlines Peru e a Latam Airlines Brasil anunciaram ajustes em suas malhas aéreas domésticas e internacionais. Nesse contexto, as companhias informam que suspenderão temporariamente e por tempo indeterminado suas operações no Aeroporto Internacional Simón Bolívar, em Caracas, Venezuela”, aponta, em comunicado.

Os cortes serão feitos de forma gradual. Depois dos já realizados no Brasil, será a vez da Latam Peru suspender a rota Lima-Caracas e, mais tarde, a Latam Chile encerrará a rota Santiago – Guayaquil – Caracas. O grupo aponta que as suspensões são temporárias, mas sem data definida para voltar.

“Consideramos a Venezuela um mercado relevante e, por isso, trabalharemos para a retomada dessas operações assim que as condições globais a permitam. Os passageiros com reservas para as rotas que serão suspensas poderão remarcar as suas viagens ou solicitar o reembolso da passagem sem a cobrança de taxas”, conclui a Latam Airlines.

Vale ressaltar que o país passa atualmente por uma situação econômica, política e social muito agitada. Na aviação, a tensão se agrava pela ausência de divisas e de liquidez financeira para compensar as transferências das receitas das companhias aéreas internacionais nos últimos anos.

Fonte:Panrotas
Anúncios

Chile! Para celebrar o ‘mês do amor’ em grande estilo

puerto-varas

Foto: Divulgação

O Dia dos Namorados começa a dar o ar da graça e aos que buscam destinos românticos para celebrar a data, uma das sugestões imperdíveis é a Região dos lagos, ao sul do Chile, que reúne cidades encantadoras e atrações turísticas ideais para inspirar o amor.

Entre as opções, destaca-se Porto Varas, também conhecida como ‘Cidade das Rosas’, onde estão concentrados parques nacionais, florestas, vulcões e lagos como o belíssimo Llanquihue, localizado em um píer no centro da cidade, de onde os casais podem observam o cair da tarde em uma paisagem incomparável.

A 25 quilômetros dali, a segunda indicação vai para a charmosa Frutillar, cidade com pouco mais de 15 mil habitantes, que preserva o cenário bucólico irretocável desde sua fundação, em 1858, entornada por construções inspiradas no estilo arquitetônico alemão, com jardins e estabelecimentos em madeira.

Além das atrações turísticas que apelam ao clima de romance, não poderia faltar a ‘cereja’ da comemoração: um jantar que simbolize a ocasião em um dos restaurantes rústicos de Varas, que preparam a típica gastronomia chilena utilizando ingredientes como o salmão, pescado nas redondezas e servido fresquíssimo em deliciosos pratos tradicionais!

“Para o casal que pretende realizar uma viagem a dois como essa, repleta de experiências visuais e sensoriais tão únicas, o brinde final só poderia ser com um dos pescados mais simbólicos do Chile”, comenta Melanie Whatmore, daSalmón de Chile, associação que promove e incentiva o consumo do salmão chileno.

Fonte:Jornal Turismo & Eventos

Bebendo ao redor do mundo: 11 drinks no Epcot, na Disney

Foto: Flickr - Creative Commons (CC BY-NC 2.0) - Mickey Views

Além de conhecer todas as culturas do World Showcase, a área dos países no Epcot, uma outra atividade muito conhecida é o Drinking Around The World (Bebendo ao Redor do Mundo). O primeiro pré-requisito é ter 21 anos (lembre-se que nos Estados Unidos você só é considerado maior de idade quando faz 21). O segundo é comer bem antes da saga para não passar mal. E uma dica amiga, não vá ao Mission: Space depois de fazer isso, ok? O efeito centrífuga da atração não vai dar um resultado bom depois de alguns drinks.

México

O México é o lugar perfeito para começar sua volta ao mundo, mas escolha o drink com sabedoria para conseguir chegar até o final. Você pode começar com uma margarita do Margarita Kiosk ou da Cantina de San Angel. Mas se preferir se aventurar, comece com uma tequila de La Cava del Tequila.

Noruega

Não espere ter uma experiência tão especial em questões alcoólicas ao chegar na Noruega. A Kringla Bakery tem um café alcoólico chamado “Viking Coffee” – o que pode ser bom se você visitar durante o inverno, mas como na Flórida faz calor durante a maior parte do ano, pode ser uma boa ideia beber uma cerveja dinamarquesa Carlsberg, um vinho ou um licor escandinavo no carrinho que fica no exterior do pavilhão.

China

Foto: Flickr - Creative Commons (CC BY 2.0) - HarshLight

Além de chás, o Joy of Tea oferece algumas opções de drinks, como o Peach Snap e o Canto Loopy, feitos com suco e um shot. Dependendo da estação, o quiosque pode ter mais opções de coquetéis.

Alemanha

O lugar perfeito para tomar cerveja! No Pavilhão da Alemanha você encontra um carrinho que vende tipos diferentes de cerveja, mas se você preferir algo mais forte, pode tomar um shot de Jägermeister. É uma boa ideia comer alguma coisa aqui também, já que é um lugar com muitas opções que sustentam. Cerveja com pretzels parece uma boa, não?

Itália

A Itália é um dos melhores pontos para tomar um vinho no World Showcase. Ao lado do restaurante Tutto Italia, você encontra a Tutto Gusto Wine Cellar, que vende vários tipos de vinhos e cervejas. Outra opção é tomar uma taça logo em frente, na Enoteca Castello.

Estados Unidos

Block & Hans (Foto: Walt Disney World)

Mais um chopp? A Block & Hans vende cervejas artesanais de cervejarias de todo o país. Se a fome bater de novo, você pode aproveitar e comer um funnel cake bem açucarado para rebater a possível ressaca.

Japão

Se é para beber alguma coisa que represente os países, nada melhor que um drink de saquê no Japão. Na parte de trás do pavilhão, dentro da Mitsukoshi Department Store, você encontra um Sake Bar. Se seu Drinking Around The World for focado em cervejas, você encontra também um carrinho que vende cervejas em frente ao restaurante principal.

Marrocos

Aqui você pode pedir um coquetel especial no Spice Road Table, um restaurante com um bar, ou então uma sangria. Há também algumas opções de cervejas mediterrâneas.

França

O Pavilhão da França também é um ótimo lugar para tomar um vinho ou uma champanhe, mas lá também são vendidos alguns dos drinks mais famosos e refrescantes do Epcot. Já que você vai tomar só uma bebida em cada país, escolha uma das “raspadinhas” alcóolicas do pavilhão, como o Grey Goose Citron ou o Grand Marnier Orange.

Reino Unido

Rose & Crown Pub (Foto: Flickr - Creative Commons (CC BY-NC-ND 2.0) - stephh922)

Das várias opções de lugares com bebidas que esse pavilhão oferece, a que eu mais recomendo é o Rose & Crown Pub, um autêntico pub inglês com uma enorme seleção de cervejas britânicas, além de um bar completo com vários outros drinks. Eles tem um menu de “mixed pints”, drinks que são uma mistura de cervejas e cidras. Antes de partir para o último país, é uma boa ideia forrar o estômago com os famosos “Fish and Chips” (peixe e batatas).

Canadá

O grand finale não vai ser tão especial quanto o início da sua jornada, já que sua única opção no Pavilhão do Canadá é tomar uma cerveja. Mas melhor assim do que algo forte demais que te faça passar mal, não? Lá você encontra um carrinho que vende várias cervejas canadenses, como Labatt Blue, Moosehead, La Fin Du Monde e St. Abroise Oatmeal Stout (e caso sua volta ao mundo em 11 drinks tenha sido muito pesada, você pode terminar com uma cerveja não-alcoólica).

Extra: African Trading Post

O World Showcase tem apenas 11 países, mas existe uma área que representa os países africanos que fica entre a China e a Alemanha. Se você está realmente comprometido com o desafio, pode parar no Refreshment Cool Post para tomar mais um chopp.

por:

Fonte:Viagem e Turismo

 

Disney divulga data da inauguração da área de Frozen

Danilo Teixeira Alves

As princesas estarão “de casa nova” a partir do mês que vem

A Disney anunciou na última sexta-feira (20) a data oficial da abertura das atrações Frozen Ever After (Frozen para Sempre, em português) e Royal Sommerhus, áreas dedicadas de Frozen. A inauguração dos novos espaços, localizado no pavilhão da Noruega, no Epcot, acontecerá no dia 21 de junho.

O Frozen Ever After oferecerá aos visitantes um passeio de barco através do reino de Arendelle, uma visita aos mais belos e congelantes cenários da cidade fictícia. Já o Royal Sommerhus será o lugar oficial onde Elsa e Anna receberão os fãs da animação para encontros e fotos. Nessa mesma área, haverá ainda algumas lojas ligadas ao filme e outros tipos de comércio, foi inspirada em lugares reais da Noruega.

Desde o último (sábado, dia 21), já está disponível as reservas Fast Pass para essas experiências .

Fonte: Panrotas

Expansão de metrô liga Downtown L.A. a Santa Monica

Walt Disney Concert Hall, no centro de Los Angeles, é um dos pontos turísticos que ganham com a expansão

Los Angeles tem uma ótima notícia aos seus visitantes e moradores. O destino californiano inaugurou na sexta-feira a expansão da Expo Line do Metrô, de Culver City a Santa Monica. Para comemorar este marco e os três anos da iniciativa de ecoturismo carfree L.A., o Discover Los Angeles, órgão responsável pelo Turismo da cidade, lança dois novos itinerários.

Um deles é o Discover Downtown Car Free, para o visitante mergulhar no centro da cidade, um dos locais mais conhecidos de Los Angeles, e explorar os novos empreendimentos hoteleiros, restaurantes e atrações culturais. O Discover Metro Expo Line Car Free é desenhado para o visitante andar no trecho de mais de 24 quilômetros do centro da cidade a Santa Monica, e conhecer os bairros localizados entre os dois destinos.

“A expansão da Expo Line do Metrô marca um momento importante na revolução do trânsito no Condado de Los Angeles, tornando mais fácil e mais conveniente o acesso a tudo que Los Angeles tem para oferecer”, afirmou o CEO do Discover Los Angeles, Ernest Wooden Jr.. “Pela primeira vez em 63 anos residentes e visitantes poderão viajar entre o o centro de Los Angeles a Santa Monica por meio de uma ferrovia.”

Ainda segundo o CEO, o projeto da extensão de pouco mais de dez quilômetros custou US$ 1,5 bilhão. “Essa é a prova de que a cidade está comprometida com a mudança de percepção de nossas raízes centradas nos carros, enquanto os programas como o carfree L.A. melhoram a experiência do visitante em Los Angeles, sem que ele precise depender de um carro.”

Fonte:Panrotas

Parques da Flórida se preparam para estrear novidades no verão

Entre as estreias está a radical montanha-russa Cobra’s Curse, no Busch Gardens (Tampa), com vagões que são içados por um elevador e giram sobre o próprio eixo durante  o eletrizante percurso.

Ilustração mostra percurso da Cobra’s Curse, montanha-russa que o Busch Gardens estreia neste verão
Ilustração mostra percurso da Cobra’s Curse, montanha-russa que o Busch Gardens estreia neste verão

DA REDAÇÃO – Verão na Flórida é sinônimo de calor escaldante. Mas se a ideia é restringir a estação somente ao bombado mercado de parques de diversão que a região abriga, pensar na estação mais quente do ano também significa ter muitos novos brinquedos e atrações para conhecer. Somente no verão deste ano, vários parques de Orlando e Tampa se preparam para estrear novidades – que devem atrair, é claro, legiões de visitantes, com inevitáveis longas filas.

Repleto de atrações radicais, o parque Busch Gardens, em Tampa, lançará na estação uma nova montanha-russa. A Cobra’s Curse promete deixar muito fã de montanha-russa de queixo caído. Isso porque o brinquedo traz um funcionamento inovador: em vez do trem com diversos carrinhos, são apenas dois vagões que sobem ate os trilhos da atração içados por um elevador. Uma vez colocados nos trilhos, os vagões giram durante o percurso, incluindo diversas vertiginosas quedas feitas com os ocupantes do brinquedo de costas, sem ver para onde estão sendo levados. O parque divulgou na semana passada um vídeo em que mostra mais detalhes sobre a Cobra’s Curse – acesse https://youtu.be/7UVIJaos–4 para assistir.

Outra novidade que deve criar longas filas é dedicada a um publico mais infantil. O Epcot Center, parque que faz parte do complexo Walt Disney World, em Orlando, repaginou a atração Maelstrom, localizada na área que representa o país da Noruega. Totalmente reformulado, a atração agora se dedica aos fãs da animação “Frozen”, que faturou mais de $1 bilhão pelo mundo. A partir de junho, visitantes do parque poderão se divertir no brinquedo Frozen Ever After.

Segundo o Epcot, a atração vai usar as mais avançadas tecnologias de robótica, transportando os visitantes para dentro da trama do filme, com direito à trilha sonora adorada pelas crianças, com o hit “Let It Go” encabeçando a lista.

Filas bem longas também devem se formar no Islands of Adventure, parque da Universal Studios, também em Orlando, que já tem a famosa área dedicada ao personagem Harry Potter. O parque estreia agora no verão duas novas atrações: Skull Island: Reign of Kong e a nova montanha-russa do Hulk.

Em Reing of Kong, os visitantes são transportados para a misteriosa ilha onde exploradores encontram o gigantesco macaco. La, assistirão ao embate do primata com dinossauros e outros monstros. O parque afirma que Reign of Kong será uma atração “multissensorial” e “multidimensional”. 

Ja em The Incredible Hulk, os visitantes do parque são levados para um experimento genético que pode acabar os expondo a “altos níveis de radiação gama”. “O resultado”, continua o release do brinquedo, “promete conferir aos participantes do experimento força física sobrenatural; será que você sairá como o novo super soldado do exercito ou algo completamente diferente?” Essa é apenas a historinha que da um enredo para a atração. Na verdade, o que se pode esperar são descidas de tirar o folego, curvas acentuadas e muita adrenalina. O verão promete ser quente e, no que depender dos parques de diversão da Flórida, bastante divertido.

Por ACHEIUSA

Game of Thrones: hotéis que aparecem na série

A série criada a partir dos livros de George R. R. Martin é um dos maiores sucessos da atualidade. Nos últimos meses os fãs de Game of Thrones ficaram angustiados para saber o paradeiro de Jon Snow.

A série se passa em um mundo totalmente fictício, mas que muitas vezes nos convida para vivenciar, tamanha a beleza de algumas passagens do conto. A boa notícia é que alguns hotéis recriam parte desse ambiente místico e um tanto medieval da série. Confira abaixo

Villa Dubrovnik – Croácia

Divulgação/Villa Dubrovnik

A cidade de Dubrovnik, na Croácia, é uma locação quase que oficial de Game of Thrones. A cidade é usada como cenário para as gravações do reino de Kings Land. Os fãs da série que estão na cidade e desejam uma hospedagem que lembre a história, podem se hospedar no Villa Dubrovnik. O hotel, apesar de moderno e ter decoração atual, fica bem perto dos locais em que a série foi gravada, fazendo assim, os visitantes se sentirem em Kings Land.

Hotel Alffonso XIII – Sevilha

Divulgação/Alffonso XIII

Na série, a cidade de Sevilha, na Espanha, se transforma em Sunspear. Os fãs de Game of Thrones que querem se sentir um pouco dentro do mundo místico da série podem se hospedar no Hotel Alffonso XIII. A decoração do local no estilo medieval é capaz de fazer os hospedes pensarem que estão dentro do conto. Além disso, o estilo palaciano e luxuoso do hotel lembra o próprio palácio de Sunspear.

Bushmills Inn – Reino Unido

Divulgação/Bushmills Inn

Na ficção, o reino de Iron Islands é representado por um montanha gigantesca e rochosa, além disso, outras construções do local também são feitas de rocha. Já na vida real, o Bushmills Inn foi construído com rochas, mas é bem mais belo que o reino fictício. No hotel de luxo, os visitantes podem aproveitar até o cinema privado da propriedade.

Ballygally Castle Hotel – Reino Unido

Divulgação/Ballygally Castle Hotel

Na série, o Castelo Negro é a principal fortaleza da Patrulha da Noite, e algumas das gravações aconteceram no Condado de Atrim, na Irlanda do Norte. Perto do local que foi usado para as gravações está o Ballygally Castle Hotel. O castelo foi construído no fim do século 17 e hoje funciona como hotel. O local, buscando aproveitar a boa fase da série, criou até um menu especial para os fãs, chamado de Game of Thrones Afternoon Tea. O menu conta até com bolos de limão, em uma espécie de homenagem a Sansa Stark.

Fonte:Panrotas