Nova York terá bar inspirado em Tim Burton

Divulgação/Beetle House

A Big Apple já é reconhecida pela sua excelência em bares e pubs, e o lançamento de um novo espaço tem tudo para ser incluído nos roteiros dos fãs da vida noturna. Na próxima semana, será aberto em East Village o Bettle House, um bar inspirado no universo do diretor Tim Burton.

Todo o menu e as bebidas do local fazem referência a esse ícone do cinema. No bar é possível encontrar coquetéis como o Eu Venho Em Paz, do filme Marte Ataca! e o martini Fleet Street, do longa Sweeney Todd. Já quem vai até o local em busca de refeições pode se deliciar com o Edward Burger Hands e Ovos Skellington, referência ao filme O Estranho Mundo de Jack.

Divulgação/Beetle House

Para provar a autenticidade do local, a torta de carne vem com um aviso no menu: “Toda a carne utilizada no prato é de origem 100% humana e veio de pessoas inocentes que foram capturadas nas ruas de Nova York”.

A decoração é outro atrativo do local. Logo na entrada, os visitantes se deparam com o segurança vestido de Bettle Juice. A casa abre nas próximas semanas, a reserva de mesas já está disponível. O Bettle House ainda promete uma atmosfera de Halloween o ano inteiro.

Fonte: Panrotas

Conheça sete dos melhores cassinos do mundo

 

Muita gente sonha em visitar e, por que não, tentar a sorte em um cassino. Desde os mais básicos – que de simples não têm nada – até os mais luxuosos, esses empreendimentos chamam atenção nos filmes e programas de televisão. Apesar de proibidos no Brasil, dezenas de outros países podem e têm cassinos que deixam qualquer um de queixo caído.

Wynn Macau – China

Flickr.com/WyliePoon

Há quem diga que os cassinos de Macau, na China, são melhores que os de Las Vegas. Neste resort, além dos jogos, os hóspedes podem desfrutar de belas suítes, restaurantes duas estrelas e um spa. Além dos jogos, o show de dança das águas do Wynn é uma das peças centrais do local. Outra atração do resort é o Dragão da Fortuna, uma animação que possui olhos vermelhos e que em parte do show emerge do nevoeiro e sobe a 30 pés de altura.

Bellagio – Estados Unidos

Flickr.com/shoebappa

Este é sem dúvida um dos mais famosos cassinos do mundo. O local recebeu a premiação AAA Five Diamond e seus restaurantes contam com chefs renomados. Quem se hospeda no hotel pode reservar um quarto com vista para a Strip ou alugar uma das vilas. As vilas possuem dois quartos equipados com piscina privada e mordomo 24 horas. Já a galeria de arte do Bellagio apresenta sempre exposições de alguns dos mais famosos artistas, como Picasso e Warhol.

Borgata Hotel Casino & Spa – Estados Unidos

Divulgação/Borgata Hotel Casino

Localizado em Atlantic City, Nova Jersey, o Borgata foi o primeiro cassino estilo Las Vegas da costa leste dos Estados Unidos. Quem se hospeda no hotel pode desfrutar dos restaurantes famosos do local, uma grande spa e uma piscina exterior. No verão norte-americano deste ano, estreia no local o Borgata Festival Park, que será uma sala de show ao ar livre. O hotel conta também com seu próprio jato particular que voa somente com convidados para 18 cidades americanas.

The Venetian Macao – China

Flickr.com/strike1

Este é oficialmente o maior cassino e o sexto maior edifício do mundo. Construído em um estilo renascentista, o local conta com 24 bares e restaurantes e cerca de três mil máquinas caça-níquéis, quatros piscinas e três mil quartos. Um dos salões do cassino, o Bellini funciona como um Playboy Club e as atendentes são fantasiadas de coelhinhas.

Casino de Monte Carlo – Mônaco

Flickr.com/Koocheekoo

Construído no século 19 pela princesa Caroline, o Casino de Monte Carlo é uma instituição real. O local conta com luxuosos interiores no estilo Belle Époque e com pinturas seculares. A grande maioria das pessoas que frequentam o local são milionários em busca de privacidade e muito luxo.

Sun City Casino Resort – África do Sul

NationalTurk Tourism

Quatro hotéis em um único espaço, assim é o Sun City Casino Resort. No local, os visitantes podem fazer um safári durante o dia e, à noite, podem se esbaldar no cassino do local. Um campo de golfe, passeios de jet ski, parapente em um lago artificial e um parque aquático estão entre as atrações do local.

Marina Bay Sands – Cingapura

Flickr.com/adforce1

O Marina Bay Sands foi inaugurado há cinco anos e custou US$ 8 bilhões, se tornando o cassino autônomo mais caro do mundo. São três torres de prédios interligadas por uma plataforma no teto, que abriga a maior piscina de borda infinita do mundo. É recomendado usar o mapa do hotel, já que o mesmo conta com três andares exclusivos para a jogatina.

The Cosmopolitan Las Vegas – Estados Unidos

Flickr.com/jimnix

Aberto em 2010, o local conta com três mil quartos com varandas ao ar livre, o que quase não existe em Vegas. O local ainda conta com dezenas de bares e restaurantes. Diferentemente de muitos locais, o resort permite que os hospedes tragam seus cães e tem até uma área reservada para os bichinhos.

Fonte: Panrotas

Grupo LATAM Airlines estreia nova marca global LATAM

latam

Foto: Divulgação

Como um dos passos mais importantes para a consolidação da TAM e suas afiliadas e da LAN e suas afiliadas sob a nova marca global LATAM, o Grupo LATAM Airlines apresentou hoje o novo design dos seus aviões em eventos simultâneos nos países onde o Grupo opera ao redor do mundo.

Além de uma nova imagem LATAM para a frota de aeronaves, a companhia apresentou novos elementos que começarão a ser visíveis a partir de maio, como os uniformes de seus funcionários, a nova sinalização nos aeroportos, os balcões que receberão os passageiros nos aeroportos, e o novo site (www.latam.com).

Nos próximos dias, os passageiros verão as aeronaves das companhias do Grupo LATAM no ar com a nova imagem LATAM, o que será um marco histórico para o maior grupo aéreo da América Latina“, afirmou Enrique Cueto, CEO do Grupo LATAM Airlines. “Será uma mudança gradual, cujo principal objetivo é simplificar e melhorar a experiência de viagem dos nossos passageiros”.

O executivo garantiu que “a partir das próximas semanas, nossos passageiros poderão ter uma experiência LATAM ao comprar pelo site da LATAM, acumular quilômetros nos programas de fidelidade LATAM, fazer o check-in nos balcões da LATAM, visitar nossas Salas VIP LATAM e, o mais importante, viajar nas aeronaves com a nova imagem LATAM. Continuaremos aprimorando a maior malha de destinos da América Latina, operando com a frota mais moderna da região, e investindo em ferramentas digitais que nos permitam oferecer uma experiência de viagem personalizada”.

A primeira aeronave com imagem LATAM a entrar em operação, um Boeing 767, decolará do Rio de Janeiro em 1º de maio com destino a Genebra, para buscar a Tocha Olímpica. O avião será preparado especialmente para a ocasião e retornará a Brasília, local onde terá início o tour de Revezamento da Tocha dos Jogos Olímpicos Rio 2106, que passará por mais de 300 cidades do Brasil.

No dia 5 de maio, irão decolar os três primeiros voos comerciais das aeronaves com a nova imagem LATAM nas seguintes rotas: São Paulo-Santiago (um Boeing 767 com saída de Guarulhos às 09h05, horário local); Santiago-Lima (um Airbus A319 com saída de Santiago às 09h10, horário local); e São Paulo-Brasília (um Airbus A319 com saída de Guarulhos às 14h20, horário local).

LATAM espera finalizar a pintura exterior de mais de 50 aeronaves em 2016, e concluir a alteração de toda a frota até 2018. A pintura das aeronaves leva, em média, de 6 a 12 dias cada, e será realizada durante a manutenção de rotina das aeronaves para obter a maior eficiência possível do processo.

Também no dia 5 de maio, terá início a evolução para a imagem LATAM em 13 dos aeroportos onde as companhias do Grupo LATAM operam, nas cidades de Santiago, São Paulo/Guarulhos, São Paulo/Congonhas, Rio de Janeiro/Galeão, Brasília, Buenos Aires/Ezeiza, Lima, Bogotá, Quito, Miami, Madri, Guayaquil e Nova York (JFK). A mudança inclui a sinalização dos balcões de check-in, Salas VIP, cartões de embarque e informações nas telas.

Ainda nos primeiros dias de maio, a LATAM lançará seu novo site, www.latam.com, disponível em seis idiomas. Por meio dessas plataforma, os passageiros poderão reservar suas passagens, fazer o check-in, visualizar o Status de Voo em tempo real, receber alertas e acessar informações úteis sobre sua viagem.

Além disso, hoje a LATAM apresentou seus novos uniformes, que serão utilizados por 23.000 funcionários, e espera implementar a mudança em nível global até o final de 2016. Os uniformes LATAM – que refletem a essência do Grupo por meio das formas e cores da nova imagem, o Índigo e o Coral – foram desenhados pelo estilista brasileiro mundialmente reconhecido Pedro Lourenço, em cooperação com grupos de trabalho dos quais participaram mais de 80 funcionários de diferentes áreas da empresa.

O Grupo LATAM ainda anunciou mais novidades para o início de uma nova experiência de viagem, como a implementação de uma nova revista e plataforma de conteúdo, Vamos/LATAM, oferecendo conteúdo com o melhor da América Latina em vários formatos, disponíveis em espanhol, português e inglês. Além disso, durante 2016 será lançada uma nova carta de vinhos latino-americanos para todos os voos internacionais das companhias do Grupo. Isto se soma ao LATAM Entertainment, o sistema de entretenimento de bordo sem fio para aeronaves de curta distância (Airbus A319, A320, A321) que a empresa já implementou em 200 aeronaves em 2015.

Para dar suporte a todos os novos produtos e serviços que marcam a chegada da marca global LATAM, o Grupo lançará uma campanha integrada de marketing em todos os países onde atua.

Para mais informações sobre a implementação da marca LATAM, visite www.latam.com

Fonte: Jornal Turismo & Eventos

7 novidades que chegam ao Animal Kingdom em maio

 

Foto: Divulgação Disney, David Roark Foto: Divulgação Disney, David Roark

Mesmo com o atraso para a inauguração do show Rivers of Light, o Animal Kingdom, no Walt Disney World, ainda continua cheio de novidades que começam a ser vistas no parque logo no final de maio, a partir do dia 27. Confira todas:

1. Show de “Mogli, o Menino Lobo”

jungle book

O show “The Jungle Book: Alive with Magic” vai ocupar o Discovery River durante o verão, enquanto o Rivers of Light não fica pronto. O espetáculo, que acontece por tempo limitado, é inspirado nas músicas clássicas do filme “Mogli, o Menino Lobo” e celebra o novo filme, tudo com um toque de características indianas.

2. Luzes na Árvore da Vida

 

Com a abertura do parque durante a noite, o ícone do Animal Kingdom, a Tree of Life (ou Árvore da Vida), começa a ser iluminada todas as noites com imagens de animais e cenas que parecem sair da árvore para contar histórias. É a árvore sendo “acordada” pelos espíritos de animais que ganham vida.

3. Kilimanjaro Safaris durante a noite

Foto: Youtube (Inside the Magic)

A partir de maio, a atração Kilimanjaro Safaris pode ser visitada à noite! Tudo graças à iluminação especial que permite que os visitantes explorem a savana de uma nova maneira.

4. Atrações noturnas

expedition-everest-gallery00

Pela primeira vez na história do parque, os visitantes poderão experienciar as atrações clássicas de uma forma totalmente nova: na escuridão da noite. Imagina a Expedition Everest depois que o sol se põe? Mas se você preferir a luz, a DinoLand U.S.A estará bem iluminada e cheia de jogos e atrações coloridas.

5. Tiffins

ak-tiffins

O mais novo restaurante da área Discovery Island abre nesse verão com um cardápio inspirado na culinária de vários países diferentes, incluindo regiões da Ásia, África, Europa e América do Sul.

6. Harambe Wildlife Parti

ak-harambe-parti

Música africana e comes e bebes exóticos fazem parte dessa nova festa do parque que acontece durante a noite. Você pode aproveitar todas as lojas da vila de Harambe com muita música e performances ao vivo.

7. Discovery Island Carnivale

discovery-island-carnivale-04

Mais uma experiência noturna: na Discovery Island, os visitantes também podem se divertir em uma celebração que conta com música, dança, comida, roupas vibrantes, artistas com pernas-de-pau e muito mais.

por:

Fonte:Viagem e Turismo

19 povoados charmosos, desconhecidos e que você deve visitar

 

Povoado - Xijang Miao
Débora Fernandes, da Casa.com.br

Imperdíveis

Você já ouviu falar de Giethoorn? E de Júzcar? Não? Elas são pequenos povoados fora do trajeto turístico comum, mas possuem atrações históricas, tranquilidade e paisagens impressionantes.

Aproveite a lista adaptada do Business Insider e conheça estas e outras 17 charmosas localidades que você provavelmente não sabe que existem – mas precisa muito visitar!

Vale lembrar que o parâmetro de escolha dos povoados utilizados pelo site é de comunidades com população por volta de 3.000 pessoas ou menos.

Divulgação

Povoado - Reine

1 – Reine

Localizada no arquipélago de Lofoten, na Noruega, Reine é um vilarejo pesqueiro. Sua população não passa das 330 pessoas!

O lugar para ficar é Rorbuer – nome dado às cabanas históricas e pitorescas usadas originalmente por pescadores. Mas não se preocupe: elas foram renovadas para estadia dos turistas.

Entre as atividades, o viajante pode fazer escalada, andar de caiaque, visitar belas praias e observar a aurora boreal.

Divulgação

Povoado - Caihongjuan

2. Caihongjuan

É mais fácil reconhecê-la por seu nome popular: Rainbow Village, ou Povoado do Arco-íris.

Ela é composta por várias casinhas pintadas do chão ao telhado. Não à toa: há uma história por trás dos desenhos.

Todos eles foram feitos por Huang Yung-Fu, conhecido por “Avó Arco-íris” – ele os pintou quando as casinhas estavam sob a ameaça de serem demolidas.

Hoje, elas são atração turística ideal para sessões de fotos. Passe lá quando for a Taiwan!

Divulgação

Povoado - Hallstatt

3. Hallstatt

Montanhas e um belo lago homônimo cercam Hallstatt, um povoado da Áustria.

As atrações turísticas incluem um teleférico através do lago e uma trilha pelo vale, para observar a beleza natural do local enquanto se aprende sobre sua história como vila mineradora de sal.

Divulgação

Povoado  - Popeye

4. Popeye

Dos cinemas para a vida real: essa vila foi criada em 1980 como set de filmagens para o filme Popeye. Em seguida, foi transformada em um parque temático.

Hoje ela é uma das atrações mais populares das ilhas de Malta, com várias atividades para os turistas: passeios de barco e trampolins aquáticos são destaque.

Ela também é cenário de vários casamentos, pelo clima romântico e rústico que proporciona.

Divulgação

Povoado - Wengen

5. Wengen

Essa charmosa vila suíça entrecorta uma montanha com casas de madeira e chalés aconchegantes.

Um passeio certeiro para quem gosta de natureza e procura por tranquilidade. No verão, vale à pena caminhar pelos vales próximos.

No inverno, época do ano em que é mais visitada, ela é considerada o ponto de partida pelas famílias que querem praticar o ski.

Divulgação

Povoado - Hahoe

6. Hahoe

Hahoe é  tão tradicional que mantém a arquitetura do período Joseon – um reinado coreano que durou de 1392 até 1897. Ela é toda organizada de acordo com as orientações do feng shui coreano.

Um festival de máscaras acontece todo outono, desejando felicidade e boa colheita para a vila, com participação do público. É um dos sítios de patrimônio universal da UNESCO.

Divulgação

Povoado - Giethoorn

7. Giethoorn

Apelidada de “Veneza Holandesa”, Giethoorn está no meio do sistema de canais Overjissel.

O que diferencia o vilarejo da cidade italiana é seu clima quieto e sereno — já que a capital do Veneto é de fato cheia de turistas e agitação.

Pitoresco, o povoado possui mais de 80 quilômetros de trilhas para canoas. Várias de suas casas, museus e restaurantes podem ser acessados a barco.

Divulgação

Povoado - Júzcar

8. Júzcar

Essa aldeia no Valle del Genal em Andaluzia, Espanha, é completamente azul.

Pintada em 2011 para o filme Smurfs 3D, ela permaneceu dessa cor desde então e agora é conhecida como Vila Smurf. Até a igreja e o cemitério estão no mesmo tom.

Divulgação

Povoado - Kalk Bay

9. Kalk Bay

A Baía Kalk é um povoado em Cape Town, África do Sul. Lá você pode aproveitar as compras ou desfrutar de jantares com frutos do mar fresquinhos.

Divulgação

Povoado - Bremm

10. Bremm

Na Alemanha, essa aldeia romântica é reverenciada por seus vinhos. Vá para explorar seus vinhedos, suas delícias culinárias e curtir trilhas a pé ou de bicicleta.

Divulgação

Povoado - Woods Hole

11. Woods Hole

Woods Hole tem alguns dos melhores restaurantes à beira mar da região em que está nos Estados Unidos.

O povoado possui um aquário e uma instituição oceanográfica, além da balsa para Martha’s Vineyard.

Ela faz parte de um roteiro de passeio de bike chamado Shining Sea, o começo de uma jornada de 17 km através de praias e vistas de tirar o fôlego.

Divulgação

Povoado - Bourtange

12. Bourtange

Essa vila holandesa é famosa por ter um forte em formato de estrela de sete pontas, construído em 1593 durante a Guerra dos 80 anos.

Hoje em dia, o forte é um museu ao ar livre que pode ser visitado, seguido de um passeio pelos canais e arquitetura medieval do local.

Divulgação

Povoado - Gordes

13. Gordes

As montanhas de Vaucluse, na França, abrigam a popular Gordes. A vila tem a reputação de ser destino de estrelas do cinema e outros artistas durante as férias. Suas ruas estreitas, de paralelepípedos, são dignas de serem exploradas.

A Abadia Notre-Dame de Sénanque permite que o turista veja os processos de produção de mel, essência de lavanda e licores.

Divulgação

Povoado - Xijang Miao

14. Xijang Miao

A paisagem é de um vale exuberante, cercado por montanhas e terraços sobrepostos.

A arquitetura tradicional chinesa colabora para um cenário bucólico que agrada os olhos. Xijang Miao é a maior das cidades da região de Miao, portanto serve como sede de seus festivais e celebrações.

Entre eles, está o Lusheng, festival no qual músicas e danças mostram a tradição local.

Divulgação

Povoado - Monsanto

15. Monsanto

No pico de uma montanha portuguesa, Monsanto é conhecida pela arquitetura que divide espaço com pedregulhos gigantescos.

Andando por suas pequenas ruas você encontrará casas com pedras saindo de seus telhados ou até mesmo no lugar das portas.

Divulgação

Povoado - Bibury

16. Bibury

Chalés cor de mel formam a paisagem cênica de Bibury, em Gloucestershire, na Inglaterra. Ela é considerada um dos destinos mais pitorescos de Cotswolds, a região em que se encontra, por estar bem ao lado do rio Coln.

Divulgação

Povoado - Hongcun

17. Hongcun

Se você quer conhecer mais dos clássicos da China, vá para Hongcun. A cidade tem mais de 150 residências que datam das dinastias Ming e Qing.

Uma das maiores construções, o Chenzhi Hall, possui um pequeno museu em que você pode aprender a história da região.

Hongcun faz parte da lista de patrimônios mundiais da UNESCO.

Divulgação

Povoado - Gásadalur

18. Gásadalur

Até 2004 era muito difícil chegar a esse povoado. Destino único, foi preciso a criação de um túnel  para que turistas aventureiros pudessem acessar a pequena Gásadalur e sua paisagem inesquecível. Ela fica na ponta de um grande penhasco perto do oceano, nas Ilhas Feroe, Dinamarca.

Divulgação

Povoado - Xidi

19. Xidi

Considerada patrimônio mundial pela UNESCO, a vila mantém habitações de madeira das dinastias Ming e Qing, assim como Hongcun. Muitas delas são abertas para visitação do público.

A cidade tem um ar rural cheio de charme, um escape certeiro para quem vive em grandes cidades.

Débora Fernandes, da Casa.com.br

Fonte:Exame

 

Rota do uísque escocês reúne tour em destilarias e explora paisagem local

 

Uísque é destaque em rota por destilarias na Escócia

Diferentes garrafas da Cardhu, na região de Speyside, Escócia VEJA MAIS >Imagem: Rafael Mosna/UOL

Os 3°C de uma manhã de fim de inverno pediam uma corrida de táxi para percorrer a curta distância entre a pequena estação ferroviária de Inverness, a capital das Highlands, na Escócia, e a locadora de carros. “Como vão as coisas hoje?”, quis saber o taxista assim que me sentei ao seu lado – o que comprova a fama dos escoceses serem acolhedores e apegados em um papo. É só dar corda que a conversa rola solta.

Nosso destino é Speyside, no norte escocês, região famosa pelas paisagens naturais, castelos e, acima de tudo, por concentrar grande parte da produção dos melhores uísques do mundo, além de metade de todas as destilarias da Escócia. Uma alternativa para chegar lá é pegar o trem noturno da Caledonian Sleeper, partindo da estação londrina Euston até o centro de Inverness (aproximadamente 11 horas e meia). Chega-se cedo na manhã seguinte, com mais tempo para aproveitar o destino.

Três dias são suficientes para ter um apanhado geral da área, unindo os passeios pelos atrativos ao redor a tours com degustações in loco. Os roteiros padrão pelas destilarias locais abrangem uma aulinha sobre o processo de fabricação, desde a colheita dos grãos à maturação em barris de carvalho, passando por uma visita aos diversos ambientes relacionados a tais etapas e finaliza com uma degustação.

A primeira parada alcoólica é a destilaria Cardhu. O local teve o início de sua produção em 1811, comandada por uma mulher, mas foi vendida em 1893 para John Walker & Sons (do famoso Johnnie Walker). Lá, as boas-vindas são acompanhadas de uma brincadeira sensorial. Sete pequenos potes ficam sobre um antigo barril e possuem “cheiros” que lembram a baunilha, madeira e frutas secas, entre outros.

O visitante é convidado, sem saber de antemão o que o recipiente contém, a tentar acertar cada um deles. O passeio termina com uma volta à casa de Johnnie Walker, com um pouco da história desse que é um dos mais famosos e consumidos uísques do mundo.

Rafael Mosna/UOL

Casa de Johnnie Walker, localizada dentro da destilaria Cardhu

Negócio familiar
Outra destilaria bastante conhecida, ao menos entre os “entendidos”, é a Glenfiddich, que se orgulha de permanecer como um negócio familiar desde o início de seus trabalhos, em 1887. Tanto que o tema do vídeo de introdução é a figura de William Grant, seu “patrono”.

Ali, tudo é bastante tradicional: há desde um guia vestindo kilt, a famosa saia escocesa para homens, até a produção própria dos barris de maturação da bebida, algo que poucas destilarias ainda fazem.

Completinho, o tour inclui demonstração da fabricação dos barris e ainda uma prova olfativa. Três tonéis, que serviram de base para uísques maturados por diferentes tempos (pelo menos 12 anos), são dispostos e os visitantes podem, literalmente, enfiar o nariz para sentir o aroma, comparando-o com os demais.

Rafael Mosna/UOL

Trabalhadores podem ser vistos em ação durante visita na tanoaria de Speyside

Ainda é possível conhecer uma tanoaria da região, local onde barris de armazenamento são feitos. Como os funcionários recebem por produto finalizado, a rapidez do trabalho chega a impressionar. Depois de assistir a um vídeo detalhando o processo e provocando os sentidos do visitante, caminha-se por um local envidraçado onde é possível ver a produção e reforma dos barris, responsáveis por grande parte do sabor e magia da bebida.

São dois os tipos utilizados: fabricados com carvalho europeu ou americano. Os do Velho Continente geralmente armazenaram anteriormente vinhos xerez (tipo licoroso espanhol), o que dá, a grosso modo, toques de amêndoa, frutas secas e especiarias à bebida. Já o segundo transmite sabores de baunilha e mel, entre outros.

Estilo descontraído
Diferentemente das outras destilarias citadas, a Benromach prega um clima contemporâneo e descontraído. Uma das primeiras a produzir o destilado 100% orgânico na Escócia, possui tours básicos e sem a necessidade de agendamento: basta chegar.

Durante a visita, foi possível perceber que a empresa opta por focar mais no orgulho do produto do que na tradição nacional. “Não insistimos no estereótipo do bebedor do uísque, que pode ser tanto uma mulher mais jovem quanto mais velha”, ressalta Susan Colville, gerente de marca.

Rafael Mosna/UOL

Brodie Castle é uma das atrações da região

Arredores
Mas nem só de uísque vive a região, cheia de atrações. Brodie Castle, por exemplo, é um dos castelos em Speyside abertos a turistas. Seu interior pode ser visitado entre o fim de março e o mês de outubro.

Quando o UOL esteve no local, na primeira quinzena de março de 2016, não conseguiu espiar os cômodos que remetem à vida escocesa a partir do século 16, com mobília francesa, porcelana inglesa e pinturas que remetem à arte holandesa do século 17. Contudo, aproveitou o tempo para caminhar pelos jardins sem nenhum sinal de vida humana nas proximidades.

Já o Gordon Castle ainda vive como propriedade privada. Apenas seu jardim murado, distante da edificação, além de seu café, de menu sazonal com opções de almoço, são acessíveis a turistas.

Pelo menos duas paradas ainda precisam ser acrescentadas com calma no roteiro: a baía de Speyside e o vilarejo de Lossiemouth. A primeira é uma praia de pedras belíssima onde, com sorte, golfinhos e focas podem ser avistados. Já o outro se destaca pela praia de areia e resquícios de vida urbana.

Rafael Mosna/UOL

Vilarejo de Lossiemouth, na região de Speyside

Com vista para o oceano, o restaurante The 1629 serve pratos como os mexilhões ao vinho branco e o espaguete com frutos do mar. Funciona a partir das 18h e, aos domingos, também durante o horário do almoço.

Agora se a ideia é uma refeição com um quê de especial, aposte na Boath House – contemplada com uma estrela no renomado “Guia Michelin”. Frutas, ervas e vegetais são colhidos do jardim ao lado, e o mel é proveniente de apiário próprio. No salão, o ambiente tende ao formal e o menu é sazonal. As vieiras graúdas com alho-poró e capim-limão estavam saborosas, a carne de corço (primo do veado), suculenta e ao ponto, e a sobremesa à base de chocolate nada menos que deliciosa.

Rafael Mosna

Fonte:UOL

Universal compra Dreamworks, de Shrek e Madagascar

 

Reprodução/Dreamworks

Alguns dos personagens da Dreamworks, que agora é Universal

Os parques Universal devem ganhar mais personagens e atrações nas próximas temporadas. Isso porque a Dreamworks Animation, marca detentora de filmes como Shrek, Madagascar, Kung Fu Panda e Como Treinar seu Dragão, foi comprada hoje pela Comcast Corporation, grupo do qual a NBC Universal faz parte. O valor da aquisição gira em torno de US$ 3,8 bilhões. Quando a transação for concluída (está marcada para até o fim deste ano), o estúdio fará parte do Universal Filmed Entertainment Group, que inclui Universal Pictures, Fandango e NBC Universal Brand Development.

De acordo com o CEO da NBC Universal, Steve Burke, a aquisição trará novidades nos parques temáticos da marca. “Eles nos ajudarão a crescer não só em termos de conteúdo de filme e televisão, mas também parques temáticos e bens de consumo nos próximos anos. Desfrutamos de um sucesso extraordinários em animação nos últimos seis anos, com a Illumination Entertainment, e a prospecção para nosso futuro juntos é excelente.”

A aquisição dá à NBC Universal o direito de transmitir o conteúdo Dreamworks e atingir um novo patamar de audiência na televisão e nos filmes. Os visitantes dos parques Universal provavelmente poderão esperar personagens e atrações inéditas, ainda que os personagens Shrek já estejam nos mesmos, mas sob contrato de licenciamento. Trata-se de uma tendência no setor de entretenimento, como ocorreu com a Disney, que adquiriu Pixar, Marvel e Lucas Film para ter seus personagens nas telas e nos parques, além de produtos diversos.

Fonte:Panrotas
%d blogueiros gostam disto: