Conheça 10 destinos do mundo que bombaram em 2015

 

 Tulum (México): Banhada pelo mar do Caribe, esta praia da Riviera Maya abriga ruínas da última cidade construída por seu antigo povo. Da orla, por exemplo, dá para observar uma grande torre de pedra protegida por muralhas. Já as bem preservadas construções de El Castillo, o Templo de Afrescos e o Templo do Deus Descendente estão no interior da cidade. Ainda é possível explorar um rio subterrâneo nas cavernas sagradas do parque LabnaHa Eco, ou praticar snorkel em Cenote Dos Ojos, uma piscina natural dentro de uma gruta no meio da floresta

   

 Cartagena (Colômbia): Com quase 500 anos desde a sua fundação, a cidade mantêm a parte histórica bastante preservada. Considerada Patrimônio da Unesco, ela é cercada por grandes muralhas e fortes militares de pedra, construídos para proteger o domínio espanhol dos ataques de piratas. Hoje em dia, quem chega pelo mar são os grandes navios de cruzeiros atraídos não apenas por história, mas também pelas belas praias do Caribe colombiano

 Porto (Portugal): Apesar de ser a segunda maior cidade de Portugal, perdendo apenas para Lisboa, mantém a tranquilidade de cidade de interior nos arredores do Rio Douro. O centro histórico, outro Patrimônio da Unesco, se destaca em construções como a Igreja de São Francisco, do século 14. Como não dá para deixar a cidade sem provar o seu famoso vinho, uma boa dica é procurar pelas adegas localizadas na beira do rio, em Vila Nova de Gaia

 Gatlinburg (EUA): Esta cidadezinha de menos de cinco mil habitantes chamou atenção dos turistas americanos em 2015. Tudo por conta de seu vizinho famoso, o Parque Nacional Great Smoky Mountains, que possui 2.070km² de floresta protegida ao longo da fronteira dos estados da Carolina do Norte e do Tennessee. Gatlinburg é o ponto de partida para explorar a região, seja nas centenas de trilhas para caminhada, rafting no rio, pescar, andar a cavalo, ou embarcar em inúmeras aventuras ao ar livre

Moscou (Rússia): Centro político, científico, histórico, arquitetônico e econômico da Rússia, a capital do país une o antigo e o moderno em seu espaço. Dá para circular pelas luxuosas estações de metrô e ainda visitar alguns lugares que marcaram a história do mundo, como a Praça Vermelha, o Kremlin, as nove cúpulas da Catedral de São Basílio, o Mausoléu de Lenin, e o Museu da KGB. Também vale a pena conhecer a Praça Pushkin, uma das mais movimentadas do mundo, e fazer compras no vizinho Boulevard Ring

   

 Brighton (Inglaterra): Um dos principais destinos de praia da Inglaterra, esta é uma antiga vila de pescadores descoberta pela nobreza britânica no século 18. É do tipo de lugar badalado, ideal para curtir a natureza durante o dia e as centenas de pubs e baladas no período noturno. Tal animação se deve ao grande número de estudantes universitários e intercambistas que migram para lá todos os anos

 Nova Deli (Índia): A capital indiana é ao mesmo tempo calma e caótica, com vacas transitando livremente ao lado de carros, moradores e turistas. Entre as atrações, o Forte Vermelho do século XVII é um conjunto de abóbadas e torres, enquanto o mais antigo e movimentado mercado popular de Chandni Chowk é o lugar certo para pechinchar por produtos locais

Banff (Canadá): Para os adeptos dos destinos de inverno, esta pequena cidade canadense pode ser o caminho. Cercada pelas Montanhas Rochosas, oferece ao turista uma combinação de neve, chalés de luxo e restaurantes sofisticados, além de uma vida noturna agitada. As fontes de águas termais são o ponto forte para os turistas do país. Foram elas que, quando encontradas por trabalhadores que faziam uma estrada na localidade, tornaram a cidade famosa e com predisposição para descanso

 Lima (Peru): Fundada pelo conquistador espanhol Francisco Pizarro em 1535, a capital peruana atualmente é uma metrópole cosmopolita. Apesar disso, ainda mantém preservados resquícios de quando era dominada por povos pré-colombianos. Lá, dá para explorar antigos sítios arqueológicos inca ou passear pelas catedrais elegantes e palácios opulentos que datam da época colonial espanhola

Foz do Iguaçu (Brasil): Localizada na fronteira entre Brasil e Argentina, possui uma das cataratas mais impressionantes do mundo, com 270 cachoeiras com alturas entre 40m e 90m. Além disso, estando em qualquer um dos dois lados da fronteira, o turista pode conhecer um bem preservado parque natural, que costuma ser o habitat de alguns animais em risco de extinção, como tamanduás gigantes, bugios, jaguatiricas e onças pintadas

Fonte:UOL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s