De Machu Picchu a Luxor: sete sítios arqueológicos para conhecer já

Berços de civilizações antigas e de boa parte da história da humanidade, os sítios arqueológicos espalhados ao redor do mundo são cercados de histórias, lendas e mitos, que levam a uma verdadeira viagem no tempo. Então faça as malas, glamurettes, porque reunimos sete dos sítios mais bonitos, destino certo para quem é apaixonado por antiguidades arquitetônicas, para viajar já!

Machu Picchu, Peru

1

Talvez o sítio arqueológico mais famoso, não apenas na América Latina, mas no mundo todo, fica localizado na região de Cusco. Criado no século 15, foi o principal símbolo do império Inca, e é um exemplar valioso da genialidade desse povo, que vivia em uma sociedade muito bem estruturada.

Tikal, Guatemala

2

Tikal foi um dos maiores centros populacionais e culturais criados pela civilização maia. Estudiosos acreditam que no século IV a.C. sua estrutura original havia sido sido erguida, mas com o tempo foi parcialmente destruída, sendo reconstruída entre os anos de 200 e 850 d.C..  Muitas das inúmeras construções só foram descobertas depois de décadas de estudos e escavações geológicas. As pirâmides principais servem de base para templos e podem ter sido construídas entre os séculos VII e IX.

Angkor Wat, Camboja  

Smiling Stone Face of Bayon Temple at Angkor in Cambodia

O maior e mais extraordinário templo do assentamento Angkor é também o único que mantém sua importância religiosa para monges budistas, que até hoje utilizam o local para suas meditações e vivem em uma moradia construída nas proximidades. Erguido no século XII, arquitetonicamente segue o estilo hinduísta do templo-monte, com imensas galerias construídas ao longo de diferentes reinados.
Mesa Verde, Estados Unidos

4

No Parque Nacional de Mesa Verde, no Colorado, fica um imenso sítio arqueológico, provavelmente povoado pela antiga civilização conhecida como Pueblo. Seu legado foi o grande número de habitações cravadas em penhascos, que são ainda mais fascinantes por seguirem um estilo arquitetônico pouco comum nas Américas. Ali fica o famoso Palácio do Penhasco, conhecido como a maior construção do tipo em toda a América do Norte.

Petra, Jordânia

Petra, Jordânia || Créditos: iStock

Localizado na bacia entre as montanhas de Wadi Araba, perto do Mar Morto, impressiona pelo tamanho de suas construções, que deixam seus visitantes minúsculos diante de suas enormes fachadas. Suas cores se confundem com as formações rochosas típicas do deserto, que lhe servem de moldura, evidenciando uma de suas características marcantes: a pequena cidade erguida no ano 312 a.C. foi esculpida nas próprias pedras, sem que um tijolo ou pedra extra tenha sido utilizado. Não à toa, é uma das  Sete Maravilhas do Mundo.

Éfeso, Turquia

Éfeso, Turquia || Créditos: iStock

A antiga cidade greco-romana fundada no ano de 530 a.C. abriga o Templo de Ártemis, mais um na lista das Sete Maravilhas do Mundo. Apesar de todo o complexo arqueológico ter sido destruído e reerguido diversas vezes ao longo da história, sua magia continua intacta, fascinando os turistas assim que eles se deparam com os prédios sustentados por enormes colunas e arcos, hoje em ruínas.

Luxor, Egito

7

Além de sua importância arquitetônica e geológica, o Templo de Luxor é o único que abriga documentos das épocas faraônica, greco-romana, copta e islâmica. O sítio abriga colunas, edifícios, obeliscos e diversas estátuas, sendo que algumas representam o rei em forma de esfinge, com cabeça humana e corpo de leão, e outros formatos típicos da cultura egípcia.

fonte:Glamurama

Local onde ficavam Torres Gêmeas tem memorial e prédio de 104 andares

Piscinas, cataratas e parapeito com nomes homenageiam vítimas de 11/9.
Milhões de turistas visitam área em Manhattan todo ano; acesso é gratuito.

Parentes de vítimas colocam rosas no Memorial de 11 de Setembro (Foto: AP/David Handschuh, Pool)
Rosas colocadas por parentes de vítimas no Memorial de 11 de Setembro (Foto: AP/David Handschuh, Pool)

Mesmo quando era apenas uma cratera com um canteiro de obras no centro, o chamado “Ground Zero”, onde ficavam as Torres Gêmeas em Nova York, já vivia cheio de turistas, que queriam ver de perto o palco de uma das maiores tragédias dos Estados Unidos: os ataques que deixaram quase 3 mil mortos em 11 de setembro de 2001.

Vista aérea do Memorial de 11 de Setembro, em Nova York (Foto: Mark Lennihan/AP Photo)
Vista aérea do Memorial
(Foto: Mark Lennihan/AP Photo)

Hoje, o local abriga um complexo de prédios, um memorial e um museu em construção, a ser inaugurado no próximo ano.

O arranha-céu One World Trade Center é o mais conhecido dos edifícios do local.

Com  541 metros, ele é considerado o prédio mais alto do hemisfério ocidental,  segundo seus construtores. Essa altura equivale a 1.776 pés, uma homenagem à independência dos EUA, ocorrida em 1.776.

O edifício tem 104 andares, 70 elevadores, 9 escadas rolantes e 279 mil m² de espaço para escritórios. O último andar tem uma viga de aço autografada pelo presidente Barack Obama e por cerca de cem operários.

Memorial
Inaugurado em 2011, o Memorial de 11 de Setembro recebeu mais de 4,5 milhões de visitantes de 170 países em seu primeiro ano – bem mais do que os 3 milhões previstos inicialmente.

Ele é formado por duas piscinas gigantes cercadas por árvores, localizadas no exato local onde se encontravam as Torres Gêmeas destruídas nos atentados.

A fina queda d’água de dez metros de altura nas laterais dessa piscina é considerada a maior cachoeira artificial da América do Norte.

No parapeito, estão escritos em bronze os nomes das 2.983 pessoas que morreram nos ataques em Nova York, e dos falecidos no Pentágono e na Pensilvânia no mesmo dia, além dos mortos no primeiro atentado contra o World Trade Center, em 1993.

O acesso ao memorial é gratuito, mas só é permitido mediante reserva para horários específicos (recomenda-se fazer pela internet ou por telefone; nesse caso, paga-se US$ 2 de taxa de conveniência). Informações no site www.911memorial.org.

Bandeiras americanas são colocadas no parapeito com os nomes das vítimas no Memorial de 11 de Setembro (Foto: Reuters/Chris Pedota/Pool )Bandeiras americanas são colocadas no parapeito de bronze que traz os nomes das vítimas (Foto: Reuters/Chris Pedota/Pool )
No centro, o arranha-céu One World Trade Center, considerado o prédio mais alto do hemisfério ocidental (Foto: Mark Lennihan/AP Photo)
No centro, o arranha-céu One World Trade Center, considerado o prédio mais alto do hemisfério ocidental (Foto: Mark Lennihan/AP Photo)
Memorial de 11 de Setembro (Foto: Reuters/Andrew Burton/Pool)A piscina e a catarata (Foto: Reuters/Andrew Burton/Pool)
Casal visita o memorial (Foto: Reuters/Justin Lane/Pool )
Casal visita o memorial (Foto: Reuters/Justin Lane/Pool )
FONTE: G1

Disney terá passeio de barco com carta de sobremesas

Destinos , Em 5 de outubro serão levantadas as âncoras do Firework Dessert Cruise (foto: disneyparks.disney.go.com/blog)

Em 5 de outubro serão levantadas as âncoras do Firework Dessert Cruise (foto: disneyparks.disney.go.com/blog)
O Walt Disney World Resort, em Orlando, na Flórida, levantará a âncora do novo passeio de barco, o Firework Dessert Cruise, no dia 5 de outubro. Pelas águas da Seven Seas Lagoon, os visitantes poderão desfrutar de um banquete de deliciosas sobremesas e bebidas, além de se maravilhar com a visão privilegiada do parque Magic Kingdom e do show de fogos de artifício noturno durante a navegação. A partida ocorrerá do Ticket & Transportation Ferryboat Dock um hora antes do espetáculo Wishes Night Time Spectacular.

Entre os doces oferecidos durante o passeio estão a torta de limão “The Grand”, o bolo de abacaxi de ponta cabeça dos chefs do Disney’s Polynesian Village Resort, o bolo de chocolate picante da cozinha do Disney Contemporary Resort, os mini cupcakes “Main Street” Mickey Balloon Tarts, panna cotta de manga entre muitos outros. Além disso, também estão disponíveis diversos coquetéis alcoólicos e não alcoólicos em copos brilhantes. Tudo isso no enredo das músicas cantadas pelos personagens da Disney.

O ingresso custa US$ 99 para adultos e US$ 69 para crianças com idade entre três e nove anos. Como o número de pessoas é limitado, é recomendado reservar o convite no site ou pelo número 407-WDW-DINE.

Fonte:PANROTAS

Tailândia tem praias cinematográficas sem muvuca e santuário de elefantes

  

Tailândia se destaca com atrativos ainda desconhecidos do grande público

 

Tomar sol em uma das belas praias banhadas pelo mar de Andaman, conhecer alguns dos famosos templos ou curtir o frenesi sem fim da capital Bancoc são destinos que costumam compor o itinerário dos brasileiros quando conhecem a Tailândia.

No entanto, o país campeão do turismo internacional no sudeste asiático é fértil em outros atrativos genuínos e em destinos menos superlotados do que as areias de Maya Bay, nas ilhas Phi Phi – e que os turistas estrangeiros finalmente começaram a descobrir.

Para quem quer visitá-los sem multidões, e ainda fugir da exploração turística excessiva, a hora é agora. Confira as sugestões preparadas pelo UOL Viagem:

Rochedos, lagos e elefantes no sul
Embora Krabi e Phuket sejam os destinos famosos da parte sul do país, um dos segredos turísticos mais bem preservados da Tailândia fica a cerca de duas horas de carro de qualquer uma das duas cidades: o Parque Nacional Khao Sok. Seus mais de 700 quilômetros quadrados são cobertos por uma das mais antigas florestas tropicais do mundo, com cerca de 160 milhões de anos de formação.

A área do Khao Sok ainda é tomada por imensos lagos (como o Cheow Larn Lake), quedas d´agua e dramáticos rochedos de pedra calcária que parecem brotar do meio das águas. Com fácil acesso, seja de maneira independente ou por meio de tours organizados a partir de Krabi ou Phuket, o parque passa ao visitante a impressão de estar em um local isolado, idílico, longe das massas humanas.

Trilhas para trekking pontuam todo o trajeto, assim como vales, cavernas e flora. Existe até um centro de preservação de elefantes (Elephant Hills) lá dentro. Mergulhar e fazer caiaque em seus lagos, junto a tanta beleza natural, é um dos melhores programas que a Tailândia oferece.

Velha capital
Dentre os diversos templos e arrozais da região norte do país, a tímida Sukhothai começa, enfim, a ganhar destaque. Capital do primeiro reino Tailandês, o Reino de Sukhothai, o local ainda é pouco explorado. Fica localizado 400km ao norte de Bangcoc, às margens do rio Yom, um dos afluentes do Chao Phraya.

Mari Campos/UOL

O imenso Parque Histórico de Sukhothai reúne ruínas de mais de 190 templos desta época dourada, que incluem figuras imensas de Budas (foto) e templos de inspiração explicitamente cambojana. O amanhecer e o pôr-do-sol são os melhores horários para visitá-las – pela temperatura mais amena e beleza especial da luz do sol refletida em suas pedras.

Hoje, além das ruínas espalhadas por toda a parte antiga da cidade, também oferece uma quantidade (e qualidade) louvável de artesãos em madeira, porcelana e argila. Conta ainda com o mais belo aeroporto do país: pequeno, ao ar livre, com bondinhos antigos para o transporte de passageiros e até um mini zoológico.

Pérolas tailandesas
Espalhadas por todo o país, outros cenários paradisíacos começam a ganhar a preferência de turistas. A ilha de Koh Kood, 350km ao sudeste de Bancoc, é coberta por uma antiquíssima floresta tropical e tomada por praias desertas de água cristalina e areias repletas de coqueiros. Ainda que seja a quarta maior ilha do país, permanece até hoje quieta e bem preservada, mas já ganha ares de glamour desde a instalação do exclusivo resort Soneva Kiri em suas terras.

Chamada de “cidade diamante”, Phetchaburi fica na porção central da Tailândia e começa a ser descoberta por turistas que fazem passeios diários partindo de Bancoc. Vale a pena ficar ali por pelo menos uma noite, apreciando seus templos à beira d´agua, o complexo do palácio na montanha e também as deliciosas sobremesas de herança portuguesa.

Já Kanchanaburi, no oeste do país, ocupa um vale de canaviais repleto de monumentos ligados à ocupação japonesa, além de ter cavernas, templos, cachoeiras, rafting e até passeios de elefante. Vizinha à turística Chiang Mai, no norte do país, Pai é a discreta terra dos amantes da música – tem até um festival anual de reggae-, das fontes termais e de paisagens tropicais tomadas por fauna extensa e variadíssima, que vão de borboletas, passando por esquilos, búfalos e macacos.

Serviço
• Não há voos diretos entre a Tailândia e o Brasil, mas há fartura de conexões via Europa ou Oriente Médio, incluindo companhias aéreas como Turkish Airlines (www.turkishairlines.com, via Istambul) ou Etihad (www.etihad.com, via Abu Dhabi).

• Brasileiros não precisam de visto, mas é obrigatório apresentar o Certificado Internacional de Vacinação contra a Febre Amarela para entrar no país.

Fonte:Mari Campos UOL

Azul confirma cancelamento da rota Guarulhos-Orlando

Aviação ,

Prevista para começar no próximo dia 15 de dezembro, a rota São Paulo (Guarulhos) – Orlando da Azul não irá acontecer. Através de comunicado, a empresa aérea confirmou que não irá operar este trecho por conta dos ajustes da malha aérea. Internamente, no entanto, fala-se que o adiamento se deve por conta da crise do País.

Em nota, a Azul afirma que irá concentrar suas operações internacionais em seus principais hubs: Viracopos, em Campinas, e Confins, em Belo Horizonte. Os passageiros que já compraram seus bilhetes para esta rota serão reacomodados em outros voos da empresa ou ressarcidos.

Veja o comunicado abaixo:

“A Azul Linhas Aéreas Brasileiras informa que devido a ajustes em sua malha, a companhia optou por não operar a rota Guarulhos/Orlando – que teria início em 15 de dezembro – e concentrar suas operações internacionais em seus principais hubs: Viracopos, em Campinas, e Confins, em Belo Horizonte. A Azul não descarta a possibilidade de incluir voos internacionais em Guarulhos em outro momento e ressalta que todos os Clientes com bilhetes comprados para os voos em questão serão reacomodados em outros voos da empresa ou ressarcidos de forma integral.”

fonte:PANROTAS

United Airlines lança novo assento Premium; conheça

Aviação , A novidade traz um compartimento especial para tablets na mesa (foto: divulgação)

A novidade traz um compartimento especial para tablets na mesa (foto: divulgação)
A United Airlines acaba de lançar o novo assento Premium, que será incluído em mais de 200 aeronaves da companhia e traz, entre os benefícios para os passageiros, um novo compartimento para tablet na mesa, que permitirá ao hóspede utilizar o aparelho enquanto desfruta de suas refeições.

Os novos assentos também possuem um botão para regulagem da reclinação e encosto para cabeça ajustável, além de um carregador universal para aparelhos eletrônicos.

“O assento Premium foi desenvolvido com base em testes feitos com passageiros e suas opiniões”, afirma o vice presidente sênior e gerente de Marketing da United Airlines, Tom O´Toole.

A inovação faz parte de diversas mudanças que têm sido feitas no interior das aeronaves da companhia, incluindo novos carpetes e serviços de entretenimento a bordo.

Fonte:PANROTAS

Costão do Santinho sedia novamente Copa Davis de Tênis

O resort Costão do Santinho, localizado em Florianópolis (SC) mais uma vez irá sediar o campeonato Copa Davis de tênis, entre os dias 18 e 20 deste mês. Participam do torneio, os brasileiros Thomaz Belluci, Bruno Soares, Marcelo Melo e João Feijão Souza, que precisam vencer a disputa para a repescagem que os manterá no Grupo Mundial da competição entre seleções.

A Copa Davis é dirigida pela Federação Internacional de Tênis – ITF e se dá por eliminação direta, em um grupo denominado Grupo Mundial que reúne as melhores equipes.

“Estamos trabalhando para proporcionar aos organizadores, participantes e hóspedes um evento memorável. Contamos com um corpo de 800 colaboradores e para este evento, envolveremos principalmente as áreas de hospedagem, alimentos e bebidas, governança, serviços gerais, segurança, transporte, manutenção, esporte e lazer, TI e eventos. Temos como prioridade a capacitação e atualização constante dos colaboradores do resort, e estamos preparados para receber o evento”, explica o diretor comercial do Costão, Rubens Regis.

Fonte:PANROTAS

Cruzeiros terão programação temática de Halloween

Disney Cruise Line terá atividades especiais em navios até o fim de outubro

Já passou um Halloween em alto mar? A Disney Cruise Line anunciou as atrações temáticas em alusão ao Dia das Bruxas, que serão realizadas em seus cruzeiros de setembro até o final de outubro. Quem tiver uma viagem marcada para a companhia pode já separar espaço na mala para a fantasia e comemorar um dos feriados mais conhecidos dos Estados Unidos a bordo.
O programa Halloween on the High Seas 2015 tem uma série de atividades diferentes e está disponível em todos os navios da companhia no período. Personagens da Disney com fantasias especiais, festas temáticas, uma árvore de abóbora que se transforma ao longo do itinerário, decoração exclusiva e confecção de máscaras em abóboras são algumas das atrações. Confira outras programações:
Navios têm árvore de abóbora que se transforma ao longo do cruzeiro e decoração especial Foto: Disney Cruise Line/Divulgação

Personagens da Disney desfilam com fantasias de Halloween

Navios têm árvore de abóbora que se transforma ao longo do cruzeiro e decoração especial Foto: Disney Cruise Line/Divulgação

Atividades temáticas incluem esculpir máscaras em abóboras
Navios têm árvore de abóbora que se transforma ao longo do cruzeiro e decoração especial Foto: Disney Cruise Line/Divulgação

Exibição de filmes temáticos contam com participação de personagens

Mickey’s Mouse-querade Party – A tradicional festa Pirate Night tem jogos, dança e muitos doces. Nestas edições de Halloween figuras como Mickey, Minnie, Pateta, Pato Donald participam fantasiados com roupas alusivas à data.

A Nightmare Before Christmas – Sing and Scream – Experiência de cinema interativa onde os hóspedes são parte da ação, seguida de meet and greet com os personagens de O Estranho Mundo de Jack.

Haunted Stories of the Sea – Durante as noites de cruzeiro um misterioso capitão conta histórias marítimas de terror sob as estrelas.

Creepy Cabaret – Festa no átrio do navio com uma banda fantasmagórica interpretando músicas sobre o Halloween.

Navios têm árvore de abóbora que se transforma ao longo do cruzeiro e decoração especial Foto: Disney Cruise Line/Divulgação

Doces a bordo ganham formatos assustadores
 

Halloween Isn’t Just Fot Kids – Voltados para adultos, o entretenimento noturno nos navios ganha uma cara mais assustadora em competições de fantasias e invasão dos vilões da Disney nas pistas de dança.

Spooky Movies – Filmes temáticos do Dia das Bruxas são atração dos teatros, nas telas de cinema das piscinas e nas cabines.

Ghoulish Delights – Os chefs da Disney Cruise Line prepararam pratos e guloseimas especiais, que incluem bolo de chocolate com recheio de abóbora, tortas de aranha e drinques assustadores.

Fonte:Terra

Trump Rio será aberto em março na Barra da Tijuca

BOCA RATON (FL) – Mais uma marca luxuosa de hotéis se prepara para fincar sua bandeira na Barra da Tijuca. A Trump Hotel Collection confirmou para março a abertura do Trump Rio, primeiro hotel do grupo no Brasil. Com 159 quartos, 11 suítes e uma suíte presidencial de 280 metros quadrados, o hotel está sendo construído em frente a praia da Barra e terá vista tanto para o mar quanto para as montanhas da região.

“O projeto do hotel é fabuloso e terá uma vista linda”, garante o diretor de Vendas para América Latina e Caribe, Thierry Baurez (foto). “Este será o menor hotel do grupo, que costuma ter em torno de 250 quartos, mas é ideal para os padrões da hotelaria do Brasil”, destacou.

O hotel contará ainda com 930 metros quadrados de espaço para eventos e reuniões e um restaurante. “Ainda estamos pensando no restaurante, mas ele será aberto ao público e terá alta gastronomia”, afirmou.

Fonte:PANROTAS

Miami Beach ganha novo hotel cinco estrelas

BOCA RATON (FL) – Uma das regiões mais procuradas por brasileiros, Miami Beach terá no próximo mês mais um hotel cinco estrelas. O Nobu Hotel está sendo construído pelo grupo Eden Roc e ficará ao lado do Eden Roc Miami Beach Hotel, dividindo inclusive a mesma entrada.

Segundo explicou ao Portal PANROTAS a diretora de Vendas Internacional, Fara Fara, os dois hotéis dividirão a mesma entrada, mas terão áreas separadas de check-in. “A entrada e os espaços comuns, como restaurantes, serão compartilhados, mas cada hotel terá sua identidade própria”, explicou Fara, complementando que o Eden Roc segue sendo quatro estrelas e o Nobu um futuro cinco. “Estamos investindo muito dinheiro”, concluiu sem revelar o valor total aplicado.

O Nobu Hotel terá 210 quartos e uma piscina exclusiva para os hóspedes. Entre os benefícios de se hospedar neste hotel está a possibilidade de usufruir das instalações do Eden Roc. O mesmo, no entanto, não acontece com quem fica no Eden Roc.

O novo hotel tem previsão de abertura para outubro deste ano e as reservas já podem ser feitas via brokers e operadoras no Brasil.

Fonte:PANROTAS
%d blogueiros gostam disto: