Paris se prepara para retirar 45 toneladas de ‘cadeados do amor’

Pont des Arts passa pelo Sena e tem uma das melhores vistas da capital.
Em 2014, parte do gradeado da ponte desabou por causa do peso do metal.

Da France Presse

Desde o ano passado, é proibido pendurar cadeados à ponte em Paris (Foto: Amanda Vinhas/ Arquivo Pessoal)
Desde o ano passado, é proibido pendurar cadeados à ponte em Paris (Foto: Amanda Vinhas/ Arquivo Pessoal)

Muito romantismo pesa: a prefeitura de Paris irá retirar na próxima segunda-feira centenas de milhares de “cadeados do amor” presos à famosa Pont des Arts.

A Pont des Arts, que passa sobre o rio Sena e oferece uma das melhores vistas da capital, é conhecida mundialmente por seus “cadeados do amor”, que os casais prendem ao longo do parapeito antes de jogar a chave no rio.

Mas no ano passado, parte do gradeado da ponte desabou, sem causar vítimas, em razão do peso do metal.

“Degradação do Patrimônio, risco para a segurança dos visitantes”: a prefeitura de Paris decidiu remover permanentemente os cadeados da ponte na segunda-feira. “Vamos retirar quase um milhão de cadeados, ou 45 toneladas”, explicou Bruno Julliard, vice-prefeito de Paris.

A prefeitura irá inicialmente substituir as grelhas e painéis de madeira por “obras de vários artistas” antes de instalar “painéis de vidro”, no outono, indicou.

“É um pouco bobo e uma pena”, lamentou John, de 57 anos, enquanto caminhava de braço dado com Marion, de 42 anos, sua “companheira ilegítima”.

“Há um simbolismo em prender um cadeado para selar o seu amor nesta ponte, aqui em Paris, a cidade do amor”, acredita este turista do sul da França.

Fonte:G1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s