Chicago bate recorde de ocupação

A cidade de Chicago, nos Estados Unidos, bateu o recorde de ocupação hoteleira em julho.

Pela primeira vez em um mês, o destino teve mais de 1 milhão de quartos ocupados.

No primeiro semestre, a cidade apresentou um aumento de 2,2% no número de visitantes em relação ao primeiro semestre de 2013.

Silvio Cioffi -jun.2011/Folhapress
Escultura "Flamingo" (1974), de Alexander Calder, em Chicago
Escultura “Flamingo” (1974), de Alexander Calder, em Chicago

 

Fonte:folha

Flórida recebe o festival gastronômico Miami Spice

Eventos , O restaurante The Dutch, no W South Beach, participa dos jantares do festival
O restaurante The Dutch, no W South Beach, participa dos jantares do festival
Um dos maiores eventos gastronômicos dos Estados Unidos, o Miami Spice, começou em agosto e vai até 30 de setembro. O festival remete ao Restaurante Week, já bem conhecido no Brasil, onde restaurantes oferecem menus especiais com preços fixos. O menu consiste em entrada, prato principal e sobremesa. O valor fixo é US$ 23 para o almoço e US$ 39 para o jantar, sem bebidas e gorjetas.

Um dos bons restaurantes participantes desta edição é o renomado The Dutch, instalado no luxuoso W South Beach. A participação do The Dutch acontece apenas no menu do jantar – com raízes americanas com inspiração do premiado chef Andrew Carmellini.

fonte:Panrotas

Salzburgo, na Áustria, atrai 300 mil fãs de ‘A Noviça Rebelde’ todo ano

Cidade onde morou família que inspirou história serviu de cenário para filme.
Tours levam visitantes a locações do longa, que estreou há quase 50 anos.

Turistas ao lado de um cartaz de 'A Noviça Rebelde' em praça de Salsburgo (Foto: Wildbild /AFP)
Turistas ao lado de um cartaz de ‘A Noviça Rebelde’ em praça de Salzburgo (Foto: Wildbild /AFP)

Com suas músicas emblemáticas e seus cenários deslumbrantes nos Alpes austríacos, “A noviça rebelde” atrai espectadores de todas as idades e nacionalidades há quase 50 anos. Atrai, também, muitos turistas a Salzburgo, onde a família von Trapp da vida real viveu e onde o filme de Hollywood foi filmado em 1965.

Ônibus faz tour pelas locações do filme (Foto: Wildbild /AFP)
Ônibus faz tour pelas locações do filme
(Foto: Wildbild /AFP)

A cidade também é muito famosa por ser onde nasceu o compositor Mozart, mas atualmente metade dos turistas oriundos dos EUA, Canadá, Reino Unido e de países da Ásia visitam Salzburgo por causa do filme, segundo o escritório de turismo local.

“Trezentos mil visitantes vêm a Salzburgo exclusivamente por causa da ‘Noviça Rebelde’. É a locação mais bem sucedida da história do cinema”, afirma o diretor do órgão, Herbert Brugger.

Tours de ônibus levam os visitantes aos lugares onde foi gravado o filme duas vezes por dia. Além disso, jantares e concertos temáticos do filme são realizados regularmente e o teatro de bonecos de Salzburgo criou sua própria versão do musical.

Todo dia, dezenas de turistas de todas as idades e nacionalidades entram no ônibus para ver o coreto romântico onde a personagem Liesl cantou “Sixteen going on Seventeen,” a igreja in Mondsee onde ocorreu a famosa cena do casamento e o Leopoldskron Palace, onde as cenas de lago da casa dos von Trapp foram filmadas.

“É um filme para toda a família. Tivemos visitantes que vieram primeiro como mochileiros, depois com a esposa, mais tarde com os filhos e agora com os netos”, conta Stefan Herzl, que organiza um dos tours.

Paisagens

Turistas no palácio onde foi gravado o filme (Foto: Wildbild /AFP)
Turistas no palácio onde foi gravado o filme (Foto: Wildbild /AFP)

As paisagens naturais com colinas e lagos azuis no meio das montanhas são um atrativo a mais. “O filme é mágico. E só ver esse cenário lindo dos Alpes já é de titrar o fòlego”, diz a americana Jennifer, que fazia o tour pela segunda vez.

Com novas montagens de teatro da “Noviça Rebelde” surgindo todo ano em países como China, Japão e Índia, o interesse na história deve continuar – boa notícia para o escritório de turismo de Salzburgo, que aproveita as novas produções do musical para fazer propaganda da cidade em outros países.

Com as comemorações dos 50 anos do filme no ano que vem, Salzburgo já está em contato com a 20th Century Fox para reunir novamente o elenco do filme e organizar um tributo especial. “A história de ‘A Noviça Rebelde’ não está nem perto do final”, diz Brugger.

 

fonte:G1

Dubai muda lei e facilita visto para estrangeiros

Você escolhe o destino

Destinos ,

Para cumprir a meta de chegar a 2020 com 20 milhões de turistas estrangeiros ao ano, apresentada pelo diretor geral do Departamento de Turismo, Comércio e Marketing de Dubai, Helal Saeed Almarri, o destino vai além das inovações contínuas entre seus atrativos. Agora, trata também de facilitar os procedimentos para obtenção de vistos para os Emirados Árabes Unidos. Uma nova lei, em vigor desde 1º de agosto, garante a implementação de um novo sistema de vistos e taxas. O novo sistema conta com alterações na permissão de entradas múltiplas para passageiros de cruzeiros e para turismo médico, pacientes e seus acompanhantes.

As novas opções facilitarão as viagens entre os Emirados Árabes Unidos e os países vizinhos, para viajantes que precisam fazer múltiplas conexões por via aérea, terrestre ou marítima. A nova modalidade também representa melhor relação custo/benefício, o que impactará diretamente emmercados como a Índia, a China, a…

Ver o post original 191 mais palavras

Dubai muda lei e facilita visto para estrangeiros

Destinos ,

Para cumprir a meta de chegar a 2020 com 20 milhões de turistas estrangeiros ao ano, apresentada pelo diretor geral do Departamento de Turismo, Comércio e Marketing de Dubai, Helal Saeed Almarri, o destino vai além das inovações contínuas entre seus atrativos. Agora, trata também de facilitar os procedimentos para obtenção de vistos para os Emirados Árabes Unidos. Uma nova lei, em vigor desde 1º de agosto, garante a implementação de um novo sistema de vistos e taxas. O novo sistema conta com alterações na permissão de entradas múltiplas para passageiros de cruzeiros e para turismo médico, pacientes e seus acompanhantes.

As novas opções facilitarão as viagens entre os Emirados Árabes Unidos e os países vizinhos, para viajantes que precisam fazer múltiplas conexões por via aérea, terrestre ou marítima. A nova modalidade também representa melhor relação custo/benefício, o que impactará diretamente emmercados como a Índia, a China, a Rússia e o Brasil, seguindo o Turismo de Dubai.

“A lei que anuncia o novo sistema de vistos trará um grande impacto para Dubai como um destino para visitantes do mundo todo que planejam uma viagem dentro e fora dos Emirados Árabes Unidos, como, por exemplo, em um navio de cruzeiro ou fazendo uma pequena parada nos vizinhos Omã e Arábia Saudita”, afirma Hamad bin Mejren, diretor-executivo de Turismo de Negócios no Turismo de Dubai.

A nova lei também permite que o passageiro possa chegar pelo Aeroporto de Dubai, tomar um cruzeiro em Mina Rashid, o porto local, para outros emirados e países vizinhos, e retornar para Dubai com o mesmo visto, ao invés de ter de adquirir dois ou três vistos separados, economizando assim tempo e dinheiro. “Estamos contentes que os turistas que viajarem em um cruzeiro no Golfo agora poderão entrar por todos os portos dos Emirados Árabes Unidos usando o mesmo visto. Dubai Cruise Tourism tem trabalhado juntamente com a Abu Dhabi Tourism & Culture Authority, assim como com o Ministério do Turismo de Omã, por meio da iniciativa do Cruise Arabia, formada no ano passado”, reforçou Hamad.

Dubai muda lei e facilita visto para estrangeiros

Destinos ,

Para cumprir a meta de chegar a 2020 com 20 milhões de turistas estrangeiros ao ano, apresentada pelo diretor geral do Departamento de Turismo, Comércio e Marketing de Dubai, Helal Saeed Almarri, o destino vai além das inovações contínuas entre seus atrativos. Agora, trata também de facilitar os procedimentos para obtenção de vistos para os Emirados Árabes Unidos. Uma nova lei, em vigor desde 1º de agosto, garante a implementação de um novo sistema de vistos e taxas. O novo sistema conta com alterações na permissão de entradas múltiplas para passageiros de cruzeiros e para turismo médico, pacientes e seus acompanhantes. 

As novas opções facilitarão as viagens entre os Emirados Árabes Unidos e os países vizinhos, para viajantes que precisam fazer múltiplas conexões por via aérea, terrestre ou marítima. A nova modalidade também representa melhor relação custo/benefício, o que impactará diretamente emmercados como a Índia, a China, a Rússia e o Brasil, seguindo o Turismo de Dubai. 

“A lei que anuncia o novo sistema de vistos trará um grande impacto para Dubai como um destino para visitantes do mundo todo que planejam uma viagem dentro e fora dos Emirados Árabes Unidos, como, por exemplo, em um navio de cruzeiro ou fazendo uma pequena parada nos vizinhos Omã e Arábia Saudita”, afirma Hamad bin Mejren, diretor-executivo de Turismo de Negócios no Turismo de Dubai.

A nova lei também permite que o passageiro possa chegar pelo Aeroporto de Dubai, tomar um cruzeiro em Mina Rashid, o porto local, para outros emirados e países vizinhos, e retornar para Dubai com o mesmo visto, ao invés de ter de adquirir dois ou três vistos separados, economizando assim tempo e dinheiro. “Estamos contentes que os turistas que viajarem em um cruzeiro no Golfo agora poderão entrar por todos os portos dos Emirados Árabes Unidos usando o mesmo visto. Dubai Cruise Tourism tem trabalhado juntamente com a Abu Dhabi Tourism & Culture Authority, assim como com o Ministério do Turismo de Omã, por meio da iniciativa do Cruise Arabia, formada no ano passado”, reforçou Hamad.

 
Fonte: Panrotas
 

Tax Free devolverá IVA a turistas na Cidade do México

Destinos , Vista panorâmica da Cidade do México (foto: Setur - Aymara Tello)

Vista panorâmica da Cidade do México (foto: Setur – Aymara Tello)
A Secretaria de Turismo da Cidade do México anunciou a incorporação da Tax Free ao projeto Disfruta Ciudad de México, pelo qual a empresa devolverá 65% do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) gerado por conceito de compras para turistas internacionais. Segundo o secretário de Turismo da capital mexicana, Miguel Torruco Marqués, o objetivo da integração é tornar a cidade mais atraente para o turismo de compras. Além da Tax Free, a Tax Back também realiza a devolução do IVA.

“O papel da Setur é trabalhar mecanismos para que a Cidade do México seja altamente competitiva em âmbito internacional e a devolução do IVA é um diferencial que incentiva o consumo e nos permite competir com outras metrópoles”, disse Marqués, lembrando que a prática está estabelecida em cidades como São Paulo, Buenos Aires, Londres, Madri e Paris.

O programa Disfruta Ciudad de México existe desde fevereiro de 2013 e, até o momento, conta com mais de 150 sócios estratégicos. O projeto é responsável pela venda de mais de cinco mil pacotes de forma direta e com tarifas preferenciais.

 
Fonte: Panrotas

 

Aruba, Bora Bora, Ilhabela… conheça 6 ilhas românticas pelo mundo

Jantar na areia com tochas, massagem dupla e bangalôs são atrações.
Nas Seychelles, parque com palmeiras é conhecido como Jardim do Éden.

Casal mergulha nas ilhas Maldivas' (Foto: Chad Ehlers / TIPS / Photononstop/ AFP)
Casal mergulha nas ilhas Maldivas’ (Foto: Chad Ehlers / TIPS / Photononstop/ AFP)

Bangalôs que adentram na água cristalina do mar, massagem dupla na praia, jantar na areia branquinha à luz de tochas, passeios de barco para ver o pôr do sol… Algumas ilhas paradisíacas conseguem unir as belezas naturais a uma infraestrutura que encanta casais em lua de mel. Conheça seis desses lugares românticos pelo mundo.

Seychelles

Praia nas ilhas Seychelles (Foto: Maisant Ludovic / hemis.fr /AFP)
Praia nas ilhas Seychelles (Foto: Maisant Ludovic / hemis.fr /AFP)

O local escolhido pelo príncipe William e pela princesa Kate para passar a lua de mel é um arquipélago de 115 ilhas no Oceano Índico, perto de Madagascar.

Numa de suas ilhas, Praslin, fica um local que, segundo a lenda, é o lugar original do Jardim do Éden bíblico — o paraíso de Adão e Eva. É o Vallée de Mai, um parque nacional com uma floresta de palmeiras gigantes naturais preservada quase em estado original, onde cresce o raro coco-do-mar.

Além de Praslin, Mahe e La-Digue são as principais ilhas e as que têm mais infraestrutura para receber turistas. As opções de hospedagem vão de pousadas charmosas a grandes hotéis cinco estrelas.

Aruba

Oranjestad, a capital de Aruba, é cheia de edifícios coloridos (Foto: Hughes Hervé / hemis.fr / AFP)
Oranjestad, a capital de Aruba, é cheia de edifícios coloridos (Foto: Hughes Hervé / hemis.fr / AFP)

Aruba combina as praias de areia cor de marfim e mar turquesa típicas do Caribe com uma capital com charmosas casas coloridas, Oranjestad. Em alguns trechos, a visibilidade da água chega a 30 metros de profundidade.

A temperatura média é de 28°C, e a ilha ainda está localizada fora da rota de furacões do Caribe, o que permite ir sem medo em qualquer época do ano.

Entre as opções românticas para o casal estão jantar na areia decorada com tochas, massagem na praia para dois e passeios de helicóptero.

Bora Bora

Bangalôs de hotel em Bora Bora (Foto: Tahiti Tourism/Divulgação)
Bangalôs de hotel em Bora Bora (Foto: Tahiti Tourism/Divulgação)

Com praias de mar calmo, a ilha mais romântica da Polinésia Francesa é destino tradicional para a lua de mel de casais há mais de 40 anos.

Situada a uma hora de voo da ilha do Taiti, no Oceano Pacífico, Bora Bora tem hotéis e resorts luxuosos, com os famosos bangalôs que adentram pela água. Lá também fica o Monte Otemanu, um vulcão que parece um castelo e é considerado um dos mais bonitos do mundo.

As opções de passeios incluem cruzeiros em catamarãs para apreciar o pôr do sol, piqueniques dentro da água e excursões até ilhotas cheias de palmeiras.

Ilhabela

Praia de Castelhanos em Ilhabela (Foto: Divulgação / Fundação Florestal)
Praia de Castelhanos em Ilhabela (Foto: Divulgação / Fundação Florestal)

Point da vela e do mergulho, a sofisticada ilha no litoral de São Paulo oferece também muitos atrativos para casais.

O charmoso centro histórico está cheio de bares e restaurantes, e de norte a sul da ilha é possível se hospedar em hotéis luxuosos ou pousadas charmosas. As praias têm perfis variados: há as mais badaladas, como a do Curral, e as mais calmas, como a de Jabaquara.

Os casais aventureiros também podem fazer trilhas e conhecer cachoeiras — mais de 80% do território da ilha é ocupado por mata atlântica preservada.

Santorini, Grécia

Santorini, na Grécia (Foto: Yannis Kolesidis/The New York Times)
Santorini, na Grécia (Foto: Yannis Kolesidis/The New York Times)

Com suas construções branquíssimas que contrastam com o azul do Mar Egeu, Santorini é considerada por muitos a ilha mais romântica da Grécia.

A ilha fica sobre um vulcão no meio do mar. Justamente pela origem vulcânica, a areia das praias costuma ser grossa, cheia de pedregulhos, de coloração preta ou vermelha. Para muitos turistas, elas não são, portanto, o ponto forte de Santorini.

Mais sucesso fazem os passeios pelos vilarejos — há os mais calmos e os mais cosmopolitas, caso da pitoresca capital, Fira. Visitar alguma das várias vinícolas da região também é uma atração romântica, assim como ver o famoso pôr do sol na vila de Oía.

Maldivas

Ilhas Maldivas (Foto: Divulgação/VisitMaldives)
Uma das ilhas Maldivas vista do alto (Foto: Divulgação/VisitMaldives)

Nesse caso não se trata de uma ilha, mas de mais de mil. Com 90% de seu território composto por água, as Maldivas são formadas por 1.190 ilhas, espalhadas por 90 mil km², entre duas fileiras de atóis no Oceano Índico.

O transporte entre as ilhas é feito por lancha, hidroaviões ou barcos locais. Uma das mais românticas é Cocoa Island, uma ilha particular situada entre atóis de corais, com acomodações luxuosas que adentram na água e são inspiradas nos barcos tradicionais da região.

As praias de areia branca, água morna de tom azul profundo e cheias de palmeiras formam um cenário paradisíaco que atrai turistas do mundo todo, muitos deles casais em lua de mel.

 

fonte G1

Nova York inaugura primeiro Park Hyatt

O restaurante The Back Room at One57 (foto: divulgação)

O restaurante The Back Room at One57 (foto: divulgação)

A Hyatt Hotels Corporation inaugurou hoje o Park Hyatt New York, empreendimento localizado na West 57th, 153, em frente ao Carnegie Hall e próximo ao Central Park. O hotel conta com 120 suítes, incluindo 92 premier, distribuídas nos primeiros 25 andares do One 57. As suítes padrão possuem 44m² e as deluxe, 50 m².

“A inauguração do Park Hyatt New York é um evento significativo para a marca Park Hyatt, representando-a em um mercado-chave e expandindo a visibilidade global da bandeira. Apresenta uma nova maneira de definir e entregar luxo, tanto para os hóspedes quanto para os locais”, disse a vice-presidente de Marcas de Luxo da Hyatt, Katherine Melchior Ray.

“Desde os primeiros esboços, o Park Hyatt New York foi cuidadosamente criado, com atenção meticulosa aos detalhes, para oferecer aos nossos hóspedes uma experiência autêntica, que nos diferencia de qualquer outro hotel de luxo da região”, disse o gerente geral do Park Hyatt New York e vice-presidente de Área do Park Hyatt Hotels na América do Norte, Walter Brindell.

Com a inauguração do hotel, o Hyatt agora está representado em Manhattan por outros sete hotéis: Grand Hyatt New York, Andaz Wall Street, Andaz 5th Avenue, Hyatt 49 Lex, Hyatt Union Square, Hyatt Times Square e Hyatt Place Midtown-South. Há também outros dois hotéis da marca Hyatt em desenvolvimento na cidade: o Hyatt House New York/Chelsea e o Hyatt Place New York Times Square.

Fonte:Panrotas