Quantum of the Seas terá robô e pulseira como chave

Cruzeiros , Bar com robôs e pulseira inteligente no Quantum of the Seas
Bar com robôs e pulseira inteligente no Quantum of the Seas
A mais nova classe de navios da Royal Caribbean, a Quantum of the Seas, a ser lançada no final do ano (com o navio de mesmo nome), terá diversas inovações a bordo, muitas delas com a ajuda de alta tecnologia. Segundo a Royal, o objetivo é tornar a viagem mais cômoda e atingir novos níveis no uso de tecnologia em alto mar, ampliando a experiência de viagem.

“As viagens de navio têm um passado romântico, mas também um futuro vibrante, aventureiro e de alto nível”, disse o CEO e chairman da Royal Caribbean, Richard D. Fain. “Estamos determinados a pegar os maiores avanços da tecnologia moderna e transformá-los em fatores wow a bordo, tirando a frustração da experiência de férias. A combinação desse navio de flexibilidade e facilidade faria um instrutor de ioga orgulhoso”.

As inovações tecnológicas ligadas diretamente à experiência do hóspede no Quantum of the Seas terão seis destaques:

1) Check-in inteligente: Da calçada ao navio, a Royal Caribbean promete tempo recorde. Já de casa, os hóspedes geram seus documentos, sobem suas fotos de identificação e recebem a confirmação digital de embarque. Quando chegam ao terminal, a promessa é de que em dez minutos estarão no navio, pois não haverá balcão de check-in, filas ou formulários extras. Os hóspedes também vão poder rastrear suas bagagens em seus smartphones. Tanto na entrada quanto na saída.

2) O navio terá pulseiras com tecnologia por rádio frequência (RFID), que servirão para diversas ações no navio: chave da cabine, fazer compras a bordo, entre outras. Similar ao que a Disney está fazendo em seus resorts e parques em Orlando, com a Magic Band. Dois novos apps também ajudarão os viajantes do Quantum of the Seas: o Cruise Planner, que permite fazer reservas de jantares, spas e excursões, mesmo antes da viagem; e o Royal iQ, que fornece a programação do cruzeiro, um calendário e até opções de comunicação entre os cruzeiristas.

“Cada minuto conta durante as férias, especialmente no Quantum of the Seas, onde há tanto a fazer e ver”, disse Lisa Lutoff-Perlo, VP executiva de Operações da Royal Caribbean International. “Os hóspedes podem agora selecionar tudo sobre o cruzeiro antes da viagem, para que possam começar a aproveitar as férias assim que pisarem no navio. Em resumo, eles ganham de volta seu primeiro dia de cruzeiro”.

3) O navio promete manter os hóspedes conectados, como se estivessem usando a banda larga em terra. A conectividade será fruto de parceria com a empresa O3b Networks. Os hóspedes poderão ficar on-line 24/7, não importa que dispositivo estejam usando. A Royal promete até a possibilidade de conversas em vídeo, assistir a programas em streaming e, claro, checar e-mail e compartilhar fotos com velocidade. Mesmo no meio do oceano. No Seaplex, os hóspedes poderão jogar Xbox Live e disputar com jogadores de todo o mundo.

4) No Bionic Bar, a tecnologia estará à disposição das experiências únicas e diferenciadas. Os hóspedes fazem seus pedidos em tablets e os bartenders robôs fazem e servem os coquetéis.

Já no Two70, seis roboscreens (telas-robôs) fazem performances juntos ou separados. E no Vistarama, paredes de vidro que vão do chão ao teto projetam imagens, incluindo um espetáculo multidimensional, o Starwater.

Nas cabines, entradas para carregadores USB e energia eficiente e amigável ao meio ambiente são alguns usos da tecnologia. As cabines internas, terão varandas virtuais, que exibirão imagens reais do exterior em telas de LED de 80 polegadas, garantindo que todas as cabines tenham uma vista.

5) Para a tripulação, apps ajudarão aos funcionários acompanharem gostos e preferências dos hóspedes e até antecipar suas necessidades. Cada tripulante terá um tablet Microsoft Windows, com uma série de serviços e apps. Essa novidade será estendida aos tripulantes de outros navios da frota, chegando a 40 mil tablets para uso dos funcionários.

6) Por fim, mas não menos importante, a tecnologia ajudará ao Quantum of the Seas ser mais verde e mais limpo. Por exemplo, não haverá luzes incandescentes e toda a iluminação virá de lâmpadas LED ou fluorescentes. Em alguns locais sensores de movimento diminuirão a iluminação quando não houver pessoas nos recintos.

O Quantum of the Seas inaugura a classe Quantum e terá 18 deques, 168 mil toneladas, capacidade para 4.180 hóspedes em ocupação dupla, em 2.090 cabines. A saída inaugural será de Nova York, e depois seguirá para seu porto-base, em Xangai, na China. Já o Anthem of the Seas terá sua inauguração em Southampton, no Reino Unido, em abril de 2015, e fará itinerários pelo Mediterrâneo.

fonte:Panrotas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s